A ecografia é uma técnica de aparência, que permite obter imagens do seu bebé, graças a ultra-sons emitidos por uma sonda e reflectidos pelo feto.

Esta técnica nas condições de utilização médica não tem risco conhecido, o que explica a sua larga divulgação e utilização na prática médica, incluindo o período pré-natal.

A ecografia Doppler utiliza o mesmo princípio e permite avaliar a circulação sanguínea fetal, placentária e do útero materno, assim como apreciar a qualidade das trocas maternofetais e o bem estar fetal.


Durante a gravidez, três ecografias ser-lhe-ão propostas:
trimestre - Translucência da Nuca
trimestre - Morfológica
trimestre - Avaliação do Perfil Biofísico e Fluxometria
 


Objectivos do exame
A ecografia permite obter informações indispensáveis a uma gravidez que se pretende e deseja normal: idade exacta da gravidez, números de fetos, evolução do crescimento com apreciação da qualidade das trocas entre a mãe e o feto utilizando-se o Doppler, estudo da morfologia fetal.



- A ecografia do 1º trimestre
É realizada entre as 11-13 semanas de amenorreia a fim de:
- determinar a idade exacta da gravidez.
determinar o número de fetos
- procurar uma anomalia morfológica
medir a translucência da nuca

~- A ecografia do 2º trimestre
É realizada entre as 20-22 semanas de amenorreia a fim de:
- supervisionar o desenvolvimento do feto (medidas do diâmetro da cabeça, da circunferência abdominal, do comprimento do fémur...)
detectar malformações.


- A ecografia do 3º trimestre
É realizada geralmente entre as 30-32 semanas de amenorreia a fim de:
- apreciar o crescimento e o bem estar fetal
estudar a morfologia fetal, porque certas anomalias revelam-se apenas tardiamente na gravidez.


A idade da gravidez exprime-se em semanas de amenorreia (SA), ou seja a partir do 1º dia do último ciclo menstrual. Conhecer a idade da gravidez é essencial para detectar um crescimento anormal.
 

Voltar

Support by: casadapagina.com